sábado, 29 de junho de 2013

?


Ai esta semana...
Não sei que se passou. Andei toda a semana a sentir-me super cansada, com pouca energia, sem vontade de fazer nada.
O calor também chegou em força e os corpos ficam moles. Mas eu até sou daquelas que nem me sinto muito afectada por ele...
Vamos aguardar.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Mais uma semana que está prestes a terminar! Sinto que o tempo corre rápido mas, ao mesmo tempo, parece que o amanhã nunca mais chega. Conseguem compreender?

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Organização

Esta semana a coisa está a render.
Tenho tratado de muitas coisas pendentes e vejo tudo encaminhado.
Sinto-me bem com esta atitude. Não gosto de parecer desleixada, ou melhor, costumo fazer tudo sobre pressão e não é bom.

domingo, 23 de junho de 2013

sábado, 15 de junho de 2013

As coisas do consumismo

Eu sei que hoje em dia temos tudo à disposição.
Eu sei que muitas vezes, se fizermos bem as contas, não compensa grande coisa andar a inventar em casa.
Eu sei que o tempo também é dinheiro.
Eu sei.
Mas, também sei, que é nos pequenos pormenores que está toda a diferença.
E, é por isso, que embora muita gente me diga que nem pensar em fazer isto ou aquilo em casa, que eu adoro andar a coscuvilhar mais um bolinho ou um docinho para experimentar por aqui. E não me venham dizer que é a mesma coisa porque bem se nota um sabor diferente. Já para não falar em todo o amor que o processo envolve.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Em choque

Ele- Esta semana recebi dois convites para ir andar de bicicleta?
Eu- Ai sim? De quem?
Ele- Do R. e do J.C.
Eu- E porque não aceitaste?
Ele- Porque preciso de te fazer companhia até ficares bem psicologicamente. Já estás melhor mas há momentos muito maus.
 
E eu a pensar que conseguia disfarçar bem a coisa... Ele conhece-me melhor que eu!

Ponto número um

Adoro chegar a sexta-feira à noite e ter um cheirinho a limpo cá em casa e ainda ter um fim-de-semana inteiro para aproveitar.

Sempre a pensar

A minha cabeça anda a mil.
Por mais que eu tente acalmar e controlar esta situação, não consigo ter mão nisto.
Ultimamente, ando obcecada (sim, obcecada), com estas coisas das poupanças. Acho que isto é uma febre que se instalou por aí mas o que é certo, é que promoções, cupões, descontos, dão um jeito dos diabos e, é ver-me sempre de olho arregalado quando vou às compras.
Para além disso, ponho-me a pensar nas coisas que quero concretizar e arranjo milhentas estratégias para conseguir esse fim. Sem necessidade nenhuma... Queria surpreender o esposo com algo diferente. Quero-me pôr bonita para ele. Quero mostrar-lhe que estou feliz e de bem com a vida. Quero fazê-lo sentir bem.
Tudo isto gira aqui na cabeça e sinto-me um pouco ansiosa.


quinta-feira, 13 de junho de 2013

Da ida ao dentista

Ontem foi dia de dentista.
Os meus dentes não são de grande qualidade.
Quando era miúda sofri horrores com dor de dentes mas sempre fui muito renitente em ir ao dentista. Até que quando fui, foi a tragédia. Óbvio!
Desde há quatro anos para cá, tenho cumprido, rigorosamente, a visita ao dentista duas vezes por ano. Mas nem por isso, as coisas melhoram. Após o diagnóstico, fiquei a saber que tenho mais três cáries a tratar. Raios...

A parte boa??? Ou talvez não (tem um sabor horrível).
Isto:

Oferta do Sr. Dr.
 

terça-feira, 11 de junho de 2013

De volta à luta

Estes últimos tempos, a dieta tem ficado em segundo plano. Não que tenha, propriamente, aumentado muito de peso mas estamos na fase que não ata nem desata. Ainda estamos a três quilos do objectivo e, por isso, temos de voltar forte e feito à dita cuja. Em Setembro tenho de estar impecável e já não temos muito tempo.
De modos que, prometi a mim mesma que amanhã voltamos à luta. Sei que se fizer as coisas certinhas, rapidamente atingirei o pretendido. Não haverá desculpa para o descuido. Tenho de, pelo menos, atingir um dos meus desejos. E enquanto, outros não se vão realizando, este que depende só de mim está à distância de um click.

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Quem pode, pode!!!

Chefe que é chefe, contacta telefonicamente o serviço a avisar que vai chegar mais tarde.
Chefe que é chefe, chega ao serviço 1h30 depois da hora de entrada e gaba-se que acordou tarde e pensou: "calma". "Tomei um duche e ainda tive tempo para um pequeno-almoço na varanda, ao sol".
Sou eu que sou maluca ou as pessoas deviam era ficar caladinhas?

Raios!

Não acredito nisto!
 
Ainda nem tive tempo de tirar a meiinha e pôr a sandália e já vem aí, novamente, frio e chuva.
 

terça-feira, 4 de junho de 2013

Se eu disser que vou trabalhar mas, não sei para onde, alguém acredita?
Sinto-me uma tapa buracos. Mas está tudo bem.
Só vejo isto de um prisma: as pessoas fazem de tudo para descredibilizar quem consegue cumprir, em condições, o seu trabalho. As coisas, mais cedo ou mais tarde, são descobertas e as pessoas são desmascaradas.
E eu vou assistir a esse dia. Ai vou, vou!!!

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Não bate a bota com a perdigota

Hoje fiquei incrédula com uma colega que, diariamente, se queixa de dinheiro: que paga X de água, que paga X de seguros, que gasta X nas compras, que o dinheiro não estica,... Mas que é capaz de pagar 16€ para lavar e pentear o cabelo num cabeleireiro todo xpto (para mim, um roubo, comparando com os preços que se praticam cá pela cidade). Mas, afinal, queixa-se de quê?

domingo, 2 de junho de 2013

Fim-de-semana no fim

... com uma grande certeza: estou cada vez mais apaixonada!
Na sexta foi o reencontro. Nunca custou tanto uma semana longe dele. Quando o vi só consegui abraçá-lo e chorar. Sim, eu sei, é pieguice, já não tenho idade para isto mas foi o que eu consegui fazer. Não consegui controlar. Não lho queria demonstrar também, para a próxima sei que vai partir a pensar neste momento e vai custar ainda mais.
A partir daí só consegui andar pendurada no pescoço dele. E o melhor, é que sinto que sou retribuída em cada gesto e adoro.
 
Amo-te como nunca!

Em modo verde

Nunca foi cor que me chamasse muito à atenção mas, ultimamente, tenho usado e abusado. E gosto! Muito!

Este fim-de-semana foi a vez das mãos. E ficaram giras, não?



Hoje acordei com esta

Pode ser que me contagie... :)
 
 

sábado, 1 de junho de 2013

O meu ponto de vista

Cada vez que olho à minha volta, sinto-me estranha.
Vejo tantas aberrações (na minha óptica, claro) que começo a achar que eu é que sou anormal. Mas pensando bem a fundo, continuo a achar que a minha visão é a correcta e não percebo nada...
Será que sou eu que estou, assim, tão errada? Será que descomplico muito as coisas? Será que os meus pensamentos não têm nenhum valor?
Ando com muitas dúvidas.
Ponho em causa todas as minhas acções, todos os meus desejos, todas as coisas que gosto. Noto que, ultimamente a minha auto-estima tem vindo a decair por ter medo de mostrar a minha opinião. Estou muito mais introvertida/introspectiva.
Não gosto do que vejo à minha volta.