domingo, 30 de setembro de 2012

Gosto disto...

Gostei do nosso dia. Gostei das coisas não planeadas mas que sairam na perfeição. Gostei do despertar tardio, do almoço simples e do passeio com calma. Gostei dos sonhos e gostei dos planos para o futuro. Gostei das conversas. Gostei da companhia. Gostei da paisagem e do ar puro.
Gostei de conseguir ver as coisas menos escuras do que tenho visto ultimamente.

Retratos do dia


sexta-feira, 28 de setembro de 2012

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

O meu (EX) cabeleireiro é um aldrabão

Costumo colocar uma corzinha no meu cabelo. Não gostava da cor original e, já há muito que se tornou hábito. Umas vezes uma cor uniforme, outras vezes umas madeixas ou nuances. Cerca de SEIS semanas depois, o ritual repete-se.
Há pouco tempo o salão onde costumo ir (sim... não me atrevo a fazer estas coisas em casa), mudou de gerência e, como a empregada que eu gostava se manteve, continuei sem qualquer renitência ao mesmo sítio.
As primeiras vezes que lá fui fiquei satisfeitíssima com o resultado. Não gostei propriamente do rapaz senhor, já que era dado a muitas confianças, coisas que eu não gosto. Mas pronto... ia tolerando porque gostava, de facto do resultado: cor brilhante, duradoira, corte fantástico...
Desta última vez, achei que ficou uma cor estranha, cabelo baço, super seco e que só consigo domar à base de MUITAAAAAA máscara. Fiquei com a pulga atrás da orelha... Qual não é o meu espanto quando após, apenas DUAS semanitas, as raízes se começaram a notar como se não tivesse pintado recentemente o cabelo.
Tive de descobrir. E descobri. O dito senhor aplica gato por lebre, leva o mesmo €€€€€€€€ e aldraba a clientela a torto e a direito.
Não é preciso dizer que o meu cuzinho, não volta a abancar naquelas cadeiras. Já ando a investigar o mercado.

1096 dias de muito amor


terça-feira, 25 de setembro de 2012

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Tem de ser

A passeata do próximo fim-de-semana implica que hoje seja dia de limpezas aqui em casa.
Vou tratar já do assunto porque a tarde está reservada para passear pela cidade com o esposo. Tirou a tarde de folga só para estar comigo. Não é um querido?

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

domingo, 16 de setembro de 2012

Venha ele...

O meu telemóvel pifou.
O esposo tentou actualizá-lo porque, em primeiro lugar, não conseguia actualizar as minhas app's por falta de espaço (telemóvel burro: em vez de enviar as cenas para o cartão de memória, utilizava a memória do telemóvel que era pouca e depois não deixava enviá-las para o cartão de memória.), depois porque algumas sms não chegavam em condições (a maior parte dos carateres desaparecia e não conseguia ler uma palavra), e depois porque eu já não conseguia aturar estas situações...
Vai daí, o esposo actualizou e ele pifou.
A modos que fui "obrigada" a utilizar os meus pontos TMN e estou à espera desta belezura:
Espero que o tiro não me saia pela culatra...

Manicure semanal


Já não morro virgem...

Ontem, pela primeira vez, comi uma bola de berlim de chocolate
É bom, não digo que não repita mas... nada como o tradicional!!!

Porque quem gosta, nunca esquece...
Onde quer que estejas... e só para que saibas...
Neste dia que seria mais um aniversário teu, eu lembrei-me de ti...
Como não podia deixar de ser...

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Faltam 16 horas de trabalho para estar de férias...
Nem quero acreditar!
Tenho uns certos planinhos, e tudo há-de bem :)

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Tou com medo

Eu sei que a coisa está má. Apesar de saber disso, sempre acreditei que a coisa ia ser "bem levada": mais empurrão daqui, mais empurrão dali...
O que é certo, é que estou a ficar com medo (a sério...).
Tenho-me esforçado por fazer uma melhor gestão cá em casa. Sei que tenho poupado em coisas superfluas e reduzi substancialmente o número de vezes que vou ao supermercado (faço compras logo no início do mês e depois só vou mesmo aos frescos quando necessário).
Não tenho comprado miminhos (nem para mim, nem para o esposo).
Tenho as despesas fixas sempre em dia para não ser preciso "compensar".
Não temos comido fora (nem mesmo um pequeno lanchinho...)
Só sei que chego ao final do mês, e nem por isso, se nota diferença na conta bancária...
Ou seja... isto está mesmo é para sobreviver...

Cheira-me...

Acho que hoje vamos ter isto para o jantar...

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Nada muda... ainda bem!

Hoje foi dia de matar saudades da amiga C.
Estamos algum tempo sem nos vermos, algum tempo sem falarmos, ...
Mas o que é certo, é que o nosso pensamento, maneira de ser e estar converge na mesma direcção. E pronto: entendemo-nos tão bem e gostamos tanto uma da outra que não interessa o tempo que não estamos juntas. O que conta é o tempo de qualidade que passamos uma com a outra!

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Susto...

...foi o que eu tive hoje quando subi para a balança!
Susto...mas não admiração. É que a semana foi tão vasta de exageros...
Dieta 100% a sério até à próxima pesagem!
Apaixonadíssima pela minha placa
 
 

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Preciso de café duplo, bem forte...
As minhas pestanas superiores teimam em abraçar as inferiores! Hoje foi díficil...

domingo, 2 de setembro de 2012

O dia começou mal

Nem queria acreditar quando o esposo me acordou de madrugada...
Ontem a noite foi de forró, pelo que nos deitámos já tarde. Foi tiro e queda: nem tive tempo de pestanejar. Adormeci dois minutos depois (nem sei se tanto) de chegar a cama.
Tinha planeado uma manhã calma, pelo que não achei normal acordar sobressaltada com a chamada do esposo: "Tens de me levar ao hospital"!!!
WTF??????????
 
1º - Que se passa? (Deitaste-te tão bem e agora tens de ir ao hospital? PANIQUEI...)
2º - Não estamos em nossa casa, logo não vamos ao "nosso" hospital (fomos passar o fim-de-semana aos meus pais...)
3º - Mas que dor esquisita é essa???
 
Só tive tempo de voar da cama, vestir  qualquer coisa, passar a água pela cara e sair em contra-relógio para o hospital...
Algumas horas de espera, alguma lagrimazita pela cara abaixo mas, agora, as coisas estão calmas... E o meu menino repousa tranquilo ao meu lado.
 
 
Espero que tudo se mantenha assim, sem sobressaltos de maior.

O esposo confirma